sábado, 10 de julho de 2021

FALANDO DO JOGO - JULHO/2021 - PALMEIRAS 3 X 2 SANTOS - BELÍSSIMA VITÓRIA!!!



Tarde de sábado e em nossa casa vamos mostrar que estamos em ascensão, em busca de mais um título.

Depois de um começo de temporada bastante agitada e com altos e baixos, agora, com mais tempo entre os jogos, o time voltou a jogar bem.

Pegaremos um Santos com nova filosofia sendo implantada e eu é sempre perigoso.

Aliás, há muito tempo estes dois gloriosos clubes protagonizam batalhas e colecionam títulos. Entre 24.09.1916, data do primeiro jogo (Palestra 4 x 2 Santos) e do último em 06.05.2021 (Palmeiras 3 x 2 Santos), já foram 341 jogos com 144 vitórias, 91 empates, 106 derrotas.

Para manter a liderança Abel escalou: Jailson, Marcos Rocha, Felipe Melo, Gomez e Viña, Danilo, Zé Rafael, Scarpa e Veiga, Breno Lopes e Deyverson. Desfalques de Rony e Luiz Adriano, com isso Dudu está no banco.

Com três minutos Scarpa acertou belo chute que o goleiro põe para fora.

Jogo seguiu equilibrado. O Santos mantinha volume, valorizava a posse de bola e permanecia no ataque, no etilo Diniz. De nossa parte, estávamos bem postados, sem dar muitas chances. Numa saída rápida conseguimos escanteio e de cabeça Gomez abriu o placar aos 19. Bom cruzamento de Scarpa, mais uma assistência, a sexta no campeonato.

Dois minutos depois tabela com Veiga e Breno Lopes chutou no canto, da entrada da área, e fez o segundo.

O Palmeiras seguiu tranquilo no jogo, o Santos sentiu os gols e mesmo continuando a ter o controle da bola, estávamos soberanos e tranquilos. E em todas as vezes que fomos ao ataque estivemos efetivos, com finalizações perigosas.

Impressionante o ritmo imposto pelo Palmeiras: sólido atrás, transição rápida e finalizações objetivas. Conseguimos8 desarmes, 5 escanteios e 8 finalizações. Tudo isso tendo apenas cerca de 33% da posse de bola.

No segundo tempo, o Santos voltou bem mudado e com Carlos Sanches, o que deu mais qualidade ao time. Só que aos dois minutos Veiga só não fez o terceiro porque o goleiro desviou bem.

As características do jogo permaneceram iguais, só um pouco mais lento. Em 13 minutos já tínhamos quatro finalizações, contra nenhuma do Santos.

Aos 22 Marcos Rocha faz pênalti em Carlos Sanches. Lance bobo, não precisava e o próprio Sanchez diminuiu a diferença, recolocando o Santos no jogo.

Logo na sequência Deyverson desperdiçou uma chance incrível de dentro da pequena área, tendo o goleiro rebatido. Erradamente deram impedimento.

O gol deu novo fôlego ao Santos que com Marinho e Sanches passou a ter qualidade e nós, já com desgaste físico e sem nossos meias, passamos a dar mais espaço e chutões, sem precisão nos ataques. Nosso lado direito começou a falhar seguidamente.

Aos 37 William desvia lance de Deyverson e faz o terceiro. VAR confirma gol.Voltamos a ter tranquilidade.

Dudu reestreou e pode ser muito útil.

Aos 42 Myke faz pênalti em Marinho que cobra e diminuiu.Muitas emoções no final do jogo.

Conseguimos manter a calma nos acréscimos e segurar a bola, travando o jogo.

Vencemos!

Dominamos praticamente todo o jogo, no momento de instabilidade, depois do gol do Santos, conseguimos manter a tranquilidade, apesar da pressão e fazer o terceiro. Sofremos novo gol, mas mesmo assim a vitória veio.

Continuamos na ponta.

Assista aos gols do Palmeiras:





18 comentários:

  1. Que show esta tarde.

    ResponderExcluir
  2. Bela noite a tutti palestrinos. Bola sensacional hoje. Um conjunto por música. Auguri. Viva dia da pizza com um bom chianti.

    ResponderExcluir
  3. Taticamente perfeitos no primeiro tempo. Muita solidez e inte. Parabéns.

    ResponderExcluir
  4. Amigos, achamos a formação ideal. Agora é só não nos perdermos. Este ano será nosso. Depende dos jogadores. Cabeça no lugar.

    ResponderExcluir
  5. Verdade. Hoje dia da pizza. Vamos comemorar 🍕

    ResponderExcluir
  6. Scarpa e veiga estão comendo a bola. Danilo deu vida ao meio. Tamo bem na fita. Abs.

    ResponderExcluir
  7. Abel está mostrando seus conhecimentos. Bastou ter tempo pra treinar que tá aí o resultado. Na frente com belo jogo coletivo. Paulo.

    ResponderExcluir
  8. Foi um vê-lo espetáculo. O Palmeiras certeiro, o Santos voluntarioso. Tomara que tenhamos outros jogos neste nível. Saudações alviverdes

    ResponderExcluir
  9. Dá-lhe porco. Grande primeiro tempo. Impecável.

    ResponderExcluir
  10. Estou vendo o jogo do Brasil, mas o da tarde não sai da cabeça. Que primor de jogo. Fazia tempo que não jogava futebol com tanta qualidade na frente e atrás. Se não fossem os deslizes dos nossos laterais teria sido muito fácil.

    ResponderExcluir
  11. 🍕🍷Verdão é só alegria.

    ResponderExcluir
  12. Estamos nos trilhos outra vez. É só não deixar desandar e erguer as taças.

    ResponderExcluir
  13. Bom dia. Que papelão o Brasil fez ontem. Tite e aquele bando de estrangeiros não têm alma brasileira e identificação com o povo. Coloca o time do Palmeiras lá e teríamos ganho o jogo. Ter na seleção richarlison, Firmino, Loddi.. É brincadeira.se tivesse o Felipe Melo teríamos peitado os Hermanos. Time sem meio de campo. Lamentável. Em compensação a tarde demos um show

    ResponderExcluir
  14. Ontem palestra, hoje azurra. Vamos que vamo.

    ResponderExcluir
  15. Bom domingo amigos. Olha, faz tempo que o Scarpa está por merecer uma convocação pra seleção. Pelo que vimos ontem à tarde e a noite. Triste ver que o Brasil está refém de um técnico enrolao que só vê quem joga fora. Não importa a qualidade, mas local onde joga. Triste. Abraços verdes. Paulo.

    ResponderExcluir
  16. Neste domingo temos que comemorar nosso bom futebol, termos encontrado um meio campo ideal com Danilo, Veiga e Scarpa. Na minha opinião Patrick de Paula deveria ser o quarto homem, para dar mais dinamismo. Gostei do Felipe Melo na zaga, facilitando a saída. Acho que um lateral direito com mais fôlego cairia muito bem. Viva o verdão.

    ResponderExcluir
  17. Amigos, bom dia.
    Pleno domingo e ainda estamos, com justa razão, saboreando o bom futebol de ontem.
    O Palmeiras deu uma aula de eficiência no primeiro tempo. Taticamente perfeito, jogo coletivo afinado, preciso e contundente.
    Não fossem os dois lances bobos dos pênaltis teria siado uma vitória super tranquila.
    O que nos deia mais animados é que o Santos também jogou bem e conseguimos neutralizar o adversário. Isso é importante e mostra nossa evolução a cada jogo.
    Diferentemente, à noite, vimos uma seleção apática, desinteressada, perdida... Tá na hora de um chacoalhão da CBF. Não se nega que o Tite é um bom treinador, mas a seleção não flui, não tem cara, não tem alma, é como tenho lido em vários grupos e artigos, um verdadeiro catado. Nomes insignificantes são convocados, deixando outros fora. Não há liderança, não há espírito de seleção.
    Temos que ser bem objetivos: o que Tite conseguiu à frente da seleção? Qual legado que ele tem deixado? Que nova geração ele vem formando? Não vejo com bom olhos. Vencer adversário fracos é fácil. Na hora "h" falhou na copa e ontem.

    ResponderExcluir
  18. Caro conselheiro. Brilhantes o artigo e o comentário acima. Supervalorizamos alguns pseudos ídolos, entre eles o Tite. Fracassou na copa, fracassou em momentos decisivos. Ser líder da eliminatória é obrigação. Seria uma vergonha para os técnicos brasileiros, mas será que um estrangeiro, com mentalidade diferente, não ajudaria. Temos bons exemplos em diversos clubes. Julio

    ResponderExcluir